segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Nossas primeiras medalhas

OLIMPÍADAS 2008 - JUDÔ

Agora desencantou! O Brasil saiu do zero na contagem de medalhas nos Jogos Olímpicos de Pequim. E isso graças ao Judô, esporte que sempre traz bons resultdos para o nosso país. Depois de algumas decepções, como a queda do bicampeão mundial João Derly, a equipe brasileira mostrou força nesta segunda-feira e conseguiu obter duas surpreendentes medalhas de bronze.
.
Ketleyn Quadros e Leandro Guilheiro brilharam nos tatâmes chineses, e de quebra mostraram a força do nosso judô, que com essas duas medalhas igualou a vela como o esporte que mais trouxe medalhas para o Brasil em Olimpíadas. E cada uma delas teve um gosto especial. O paulista Guilheiro se tornou o primeiro atleta da modalidade a conseguir medalhas em duas Olimpíadas seguidas. Já a jovem brasiliense Ketleyn, de apenas 19 anos, conseguiu o posto de primeira atleta nacional a subir no pódio olímpico em uma prova individual em todos os tempos.

Os caminhos para as glórias de ambos os judocas não foram diferentes: muita dificuldade e superação. Ketleyn enfrentou logo na segunda rodada a holandesa Deborah Gravenstijn, detentora de 17 medalhas em Copas do Mundo, e acabou perdendo. A partir daí a brasileira reagiu e embalou na competição derrotando os seus seguintes adversários, inclusive a espanhola Isabel Fernandez, campeã olímpica em Sydney-2000.
.
Leandro Guilheiro repetiu Atenas-2004 e ficou com o bronze na modalidade
.
Guilheiro passou fortes emoções logo na sua estréia. Após estar perdendo para o argentino Mariano Bertolotti, virou a luta no minuto final, numa disputa emocionante. O brasileiro apenas caiu na sua terceira luta, diante do campeão mundial, o sul-coreano Ki Chun Wang. Mesmo assim, ainda deu trabalho, forçando a prorrogação. Com a derrota, teve de enfrentar a repescagem, vencendo mais duas lutas e chegando ao tão sonhado pódio olímpico.

Mais uma vez o Brasil mostra sua força no judô, seja com o toque de experiência, como no caso de Leandro Gulheiro, ou na juventude e promessa que virou realidade, Ketleyn Quadros!

foto 1: Marcelo Pereira/Terra
foto 2: Reuters

4 comentários:

Pacmano disse...

Pelo Brasil eu só confio no Volei e Judô mesmo

É foda. Nos outros países o pessoal já vai pra escola praticando esportes e tals. Aqui tu vai pra aula de educação física e o professor te dá uma bola e fala: Joguem bola ai vai...

Isso é uma vergonha.

Abraços cara

http://pacmano.blogspot.com/

Google disse...

parabéns pelo Brasil!!

Erich disse...

E nãoé que me emocionei com a medalha da Ketleyn !!!
Muito legal o esforço e a dedicação.

capinaremos@gmail.com (Marcos) disse...

Bah, qnto tempo que eu não passava por aqui...



...mas o nível (alto) continua igual.