sábado, 3 de maio de 2008

Nossa! Você não tem TV em casa?

BRASIL
.
Aquela história de que quem tem muitos filhos não tem TV em casa parece mesmo verdade. Pelo menos é o que uma pesquisa feita pelo Centro de Pesquisa de Política Econômica (CEPR), de Londres, diz. O estudo revelou que o hábito de assistir novelas colaborou para a diminuição da taxa de natalidade no Brasil nos últimos 40 anos. Segundo Eliana La Ferrara, uma das autoras da pesquisa, as novelas exercem um considerável efeito no número de filhos que as mulheres querem ter no Brasil.

A pesquisa analisou os censos populacionais do país entrevistas com brasileiras. O CEPR chegou à conclusão que a taxa de natalidade por aqui caiu de 6,3 filhos em 1960 para 2,3 filhos em 2000. O estudo diz, porém, que esses dados não mostram exatamente que a população brasileira passa mais tempo vendo TV do que na cama. A influência das novelas vem pela representação de família que elas mostram. Os folhetins brasileiros, segundo os pesquisadores, influenciam o comportamento social no Brasil. “O maior efeito, consistente com uma conduta de retração, afeta mulheres de camadas socioeconômicas baixas e mulheres em fase intermediária e tardia de seus ciclos de fertilidade”, analisaram os autores.

O CEPR ainda estudou a influência das novelas na escolha dos nomes que as mães brasileiras dão aos seus filhos. A pesquisa diz que há quatro vezes mais probabilidade dessas mulheres que assistem às novelas batizaram seus filhos com nomes dos personagens.

O estudo, curiosamente, mostrou que as tramas mexicanas não produzem o mesmo efeito. Ainda bem.

4 comentários:

Fabio disse...

menos filhos = menos gnt com fome

Daniely disse...

Rs...é interessante essa pesquisa, eu soube que a televisão "salvou" o censo de natalidade de uma cidade do Brasil no sanos 80...e...viva a televisão!!
rs...abraço!!

Raoni Frizzo disse...

Que bom que as novelas estão tendo um papel importante no controle da taxa de fertilidade. Em tempos de tantas dificuldades, até ter um único filho já exige uma condição monetária razoável!

Ainda bem mesmo que as novelas mexicanas não produzem o mesmo efeito. Fiquei mais aliviado agora...hauhahauha

Excelente matéria. Não sabia desse estudo, Adílson! Abraços.

Dih da Pâhzinha... disse...

E ai meus parceiros, resolvi da uma passadinha aqui e como de costume vi algo interessante! Isso sobre a tv é real mesmo!!!!

Da uma passadinha la

http://dihdusbeko.blogspot.com/