quinta-feira, 6 de novembro de 2008

"Como é que é?"

NOMES
Adalex mostra com orgulho seu RG; nome incomum é diferencial para ele
.
"Adalex? É nome de remédio, não é?" Esse é o slogan criado pelo estudante Adalex Souza. O nome diferente foi escolhido por um amigo de sua mãe. “Ele gostava de sugerir nomes diferentes, inclusive dos familiares dele”, explica. Porém, nomes assim, alguns até tidos como ridículos podem afetar a vida social de uma pessoa.

Segundo a psicóloga Ana Paula Rizzato, o portador de um nome que possa gerar “brincaderinhas” pode despertar um sentimento de inferioridade, principalmente na fase da adolescência, na qual o jovem busca identificação nos grupos que participa. “Dependendo de como é tratado e aceito por cada indivíduo, o nome pode incomodar a tal ponto que contribuirá para desenvolver a baixa auto-estima”, complementa a psicóloga.

Desde 1973, entretanto, a Lei dos Registros Públicos legitima o oficial do cartório a não registrar nomes que possam expor ao ridículo os seus portadores. “Caso os familiares não se conformem com essa recusa, é necessário que solicitem ao oficial que encaminhe a decisão para o Juiz Corregedor Permanente da Serventia (cartório)”, explica Rodrigo Feracine Álvares, Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais de Amparo, SP. Através de um procedimento administrativo, há a manifestação do juiz de aceitar ou não o registro com determinado nome.

Para aqueles que foram registrados com nomes estranhos, a lei prevê a alteração. No primeiro ano após ter completado 18 anos, o interessado pode alterar seu nome, mas desde que não prejudique seu sobrenome. De acordo com Álvares, a alteração também é feita de forma administrativa. Após esse período de um ano, qualquer alteração deverá ser feita através de processo judicial. A decisão, nesses casos, fica nas mãos do juiz.

O estudante Adalex não esconde que já pensou em alterar o nome. “Incomoda-me ter sempre que repetir meu nome, ou aquela coisa da pessoa dizer: ‘’Poxa, como é mesmo seu nome? É um nome estranho, né?’. Mas, na verdade, eu sou daqueles que procura sempre ver o lado bom de tudo, então aproveito a excentricidade do meu nome para criar meu marketing, por isso cunhei o jargão”, complementa.
.
FOTO: Adilson Jorge

8 comentários:

мiмi ' disse...

Aff...adalex, coitado.
Bom, tem umas pessoas que inventam cada nome que pelo amor de deus! como uma pessoa pode colocar o nome do filho de adalex? af

tinha um menino na minha sala que chamava leniker (mas eu nao sei como escreve)xD

Chimia Man disse...

hahahaha...Cada um que me aparece!

Raoni Frizzo disse...

Grande Adalex! Até lembro no dia que ele disse que parecia nome de remédio...hehehehe

Bom, meu nome acho que até pode ser incluído nessa lista, já que também não é nada comum.....huahuahuah

Grande matéria Adílson! Ficou muito legal. Abraços!

Guilherme Santos disse...

muito bom o post
certa vez fiz uma lista no meu blog dos nomes mais feios que conhecia

apareceu até gente reclamando
sahasuhasuhasuh

Mr. X disse...

Ah, pô, Adalex nem é tão ruim... Pior seria, sei lá, Héterocitro ou algo assim...

Adalex é até legal... Adalex!

http://ofatorx.blogspot.com/

Cássia disse...

Que bom que ele superou isso, eu com certeza iria me incomodar muito, puxaria os cabelos na terceira vez que me perguntassem meu nome...

Larissa Santiago disse...

hahhahahaha
já conheci piores, relax Adalex!
;)

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

O Nome da minha tia era Judete, só que ela mudou para Judite. Imagina ter um nome de complexo multi-vitaminico?


http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/