quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Campeão a pé

FÓRMULA 1 - MEMÓRIA

O dia 12 de dezembro é uma data histórica da Fórmula 1. Provavelmente uma das mais marcantes. Há exatos 48 anos (1959) o australiano Jack Brabham conquistava seu primeiro de um total de três títulos na categoria. Daí você deve pensar: "Sim, é uma data importante, mas por que seria mais especial que qualquer outro título?"

As circunstâncias do triunfo de Brabham é que fazem do acontecimento um dos mais incríveis exemplos de superação do esporte. Ao chegar a última etapa, no circuito americano de Sebring, Jack, então piloto da equipe Cooper, tinha 31 pontos na classificação do campeonato e era o favorito a taça de campeão, contra 25,5 de Stirling Moss, também da Cooper, e 23 de Tony Brooks, da Ferrari.
.

Jack Brabham empurra seu carro até a linha de chegada para garantir o título

Logo no começo da prova Moss vê suas chances de ficar campeão desabarem, ao abandonar com um problema na caixa de marchas. Sobravam então Brabham e Brooks. Até que nos metros finais da última das 42 voltas o carro de Brabham, então líder da corrida, fica sem gasolina. Enquanto isso, Brooks passava para o terceiro lugar, mas estava completamente colado nos líderes Bruce McLaren e Maurice Trintignant, apenas um segundo atrás.

Jack então não pensou duas vezes: desceu do carro e, em um ato de heroismo e esforço, empurrou seu carro até a linha de chegada, cruzando na quarta posição, garantindo assim o título. O feito do australiano é tratado até hoje como um dos momentos mais emocionantes e perseverantes da história do automobilismo mundial.

Brabham realmente merece o sucesso que teve em toda a sua carreira. Um exemplo de piloto corajoso e competente, que ainda serve de inspiração para muitos pilotos da atualidade.

5 comentários:

Antonoly disse...

Isso é o que eu chamo de força de vontade e superação. Legal saber disso, não conhecia esse fato.

www.ooohay.wordpress.com

Andréa Cristo disse...

Original blog, Original titulo, boa informação, bons textos. Parabéns.

www.limine.zip.net disse...

força de vontade mesmo!
foi bom ler isso, acho que todos precisam ter conhecimento de lições desse tipo para serem lembradas todos os dias.

Renan Inacio Becker disse...

Superação, em um tempo onde a Formula 1 dependia mais das pessoas do que de um monte de fios e botões no volante do carro.

Como sempre Otima matéria!

♠♠คjคiяσи♠♠ disse...

putz man!
eu sabia q naquela epoca o bicho pegava mesmo, pit stop demorava muito tempo e os carros n tinham 1% da qualidade dos carros de hj!

mas depois disso ai, ele deveria ser muito mais lembrado do q os pilotos de hj q tem carros capazes de tudo, que fazem ateh mais do q os proprios pilotos!


gostei muito do post!