quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Congresso Nacional gasta equivalente a 30 salários mínimos por minuto

BRASIL, MEU BRASIL BRASILEIRO

Os números são grandiosos. O Congresso Nacional gasta a cada minuto R$ 11,545 mil e é o orçamento que mais pesa no bolso da população, segundo dados de uma pesquisa feita pela ONG Transparência Brasil. A Organização comparou os gastos brasileiros com os da Alemanha, Argentina, Canadá, Chile, Espanha, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, México e Portugal.

Nesse ano, o Congresso tem um orçamento de R$ 6.068.072.181,00. Comparado o que é gasto pelos países europeus, com o mesmo dinheiro gasto com os parlamentares, o Congresso poderia ter 2.556 membros. Esse número de integrantes estaria compatível com o dos países da Europa que possuem um político para representar 82 mil pessoas. No Brasil, cada parlamentar é representante de aproximadamente 314 mil. Com isso, o gasto atual do Congresso Nacional é capaz de suportar mais 2 mil parlamentares.

Apenas nos Estados Unidos o custo anual por membro do Congresso supera o do Brasil. Na terra do “Tio San”, cada parlamentar custa em média R$ 15,3 milhões por ano, já no Brasil esse custo é de R$ 10,2 milhões. Comparados ao custo de um congressista na Europa, esse montante é 12 vezes maior, visto que lá cada parlamentar custa R$ 850 mil aos cofres públicos.

A contribuição para que o valor seja tão alto vem do senado. Com seus 81 integrantes, a casa gasta cerca de R$ 33,1 milhões por ano com cada senador. Já para os deputados federais, o número corresponde à R$ 6,6 milhões.

O país pesquisado que menos gasta com os congressistas é a Espanha. No país das touradas o custo de cada um dos 609 parlamentares é de R$ 850.268,42, quase oito vezes menos que o brasileiro. Porém, o menor orçamento do Legislativo fica com Portugal, R$ 219.100.058,97, que tem 230 representantes.

O custo absoluto por habitante, no Brasil, é de R$ 32,49 anuais, o terceiro maior da pesquisa, atrás apenas da Itália (R$ 64,46) e da França (R$ 34,00). O custo brasileiro representa, porém, três vezes mais do que o da Argentina, menor gasto registrado, R$ 10,87. Se o gasto com o senado não fosse calculado, o Brasil estaria na oitava posição, com R$ 18,14 por habitante.

5 comentários:

Everaldo Ygor disse...

Bom, é isso ai...
Desperdicio geral das verbas públicas...
Otimo e informativo blog!
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/

Tati disse...

Esse é o Brasil....

Oq será que teríamos neste país, se não tivessemos sido colonizados pelos Portugueses?

Acho que seria um outro cenário....

Brasil, um país para poucos!

Natanael Garcia disse...

Aos cofres públicos???? acho q naum viu,seria mais correto dizer nossos cofres, na boa pra mim eles merecem um salário minimo e oia la.

Obrigado pelo seu comentário no planeta esporte. Alias quaseq vc me enganou, quase q pensei q era daglobo,ai eu num ia comentar naum huaeaueuuhhuuh.ai ai ai um plagio da rede globo rsrsrs

Mateus Maia disse...

se eles gastassem nosso dinheiro de maneira séria e em prol de resultados, com certeza teríamos a maior e melhor nação do mundo...

escooam rios de dinheiro e ecooam risos de políticos

capinaremos@gmail.com (Marcos) disse...

E o pior é que nós vemos isso e não fazemos nada...NADA!!

Putz...eu fico de cara cmg mesmo...