terça-feira, 30 de outubro de 2007

COPA - Um Brasil em obras

SÉRIE ESPECIAL - BRASIL COPA 2014
.
Apesar dos relatórios feitos na inspeção pela equipe que visitou o Brasil entre 23 de agosto e 1º de setembro, a FIFA está convencida que o país pode realizar o maior evento do futebol mundial. O relatório afirma que praticamente todos os projetos apresentados pelo Brasil de reforma e construção são “altamente profissionais”. Porém, o relatório pede à FIFA um acompanhamento das obras. “A equipe de inspeção tem a opinião de que seria importante que experts da FIFA revisem o processo e progresso da seleção das cidades de forma a assegurar o prazo final das sedes, além das instalações dos estádios atuais ou a potencial construção de novos”, diz o documento.

A obra mais importante para os inspetores é a do Maracanã, que apesar de ter sido reformado para os Jogos Panamericanos, um investimento de 200 milhões, ainda não está em condições para receber um jogo de Copa do Mundo. No estádio carioca, o grande problema apontado pela equipe da FIFA foi as más condições das áreas VIPs e de imprensa, sendo que essa não suporta a quantidade de profissionais envolvidos na coberto do evento.

O Brasil prevê um gasto de R$ 1,97 bilhão nas obras, o que está bem abaixo daquilo que foi investido pela Alemanha para a Copa 2006, cerca de R$ 5,14 bilhões.

O governo federal, que é o responsável pela execução dos projetos, admitiu que pode antecipar obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), para contribuir nas obras. O porta-voz da presidência, Marcelo Baumbach, disse que ainda não há nada concreto, mas que obras previstas poderão ser adiantadas e as que já estão em andamento vão colaborar na infra-estrutura para a realização da Copa.

Um comentário:

Mauren... disse...

É Dil... Pelo menos já seremos jornalistas em 2014! hehehe

Mas eu vi na revista Veja dessa semana, que o gasto do Brasil com o mundial será de 5 bilhões! Só não me lembro se reais ou dólares!
Mas de qualquer forma, como toda brasileira, eu gosto de futebol, só não curto samba e praia... =D Mas apesar de gostar de futebol, acredito que o Brasil tem outras prioridades, e com todo esse dinheiro, melhoraria e muito a condição do país. Mesmo que a Marta "imagine" um gde número de turistas durante o evento, é certo que não cobrirá as despesas que o país terá para montar uma estrutura adequada para sediar a Copa. Eu acho que o Lula, e o próximo presidente (Aécio se Deus quiser), têm coisas mais urgentes para se resolver.

Mas quem somos nós, meros mortais... Só podemos torcer para que venham muitos gringos loiros, altos e cultos, para no mínimo rechearem nossa visão! =P

Bju gatão!! Té noite...