quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Você pode estar sendo filmada!

INTERNET
.
Parece brincadeira, porém filmar o bumbum alheio é, hoje, uma prática que cresce não só nos grandes centros, mas em todo o país. Jovens de até 25 anos, chamados de “encoxadores virtuais” saem às ruas com uma câmera e filmam mulheres anônimas no metrô, na praia, nos ônibus ou simplesmente andando pelas ruas. Os alvos preferidos são aquelas com calças apertadas, saias curtas e roupas brancas. Depois, colocam os filmes, maioria de pouca duração e com a imagem fechada no bumbum, em sites que hospedam vídeos, como o YouTube.

Como as mulheres estão sempre de costas, elas não se dão conta de que estão sendo filmadas. Os mais ousados ainda tentam ângulos ousados das vítimas, como a imagem por baixo da saia de uma mulher que está subindo a escada rolante, um dos exemplos.

Para um dos “encoxadores” entrevistado pela reportagem do jornal Agora SP e que já faz filmagens há dois anos, “descrição é a primeira lei”. Alguns fazem até mesmo séries que têm títulos como “Bundas no Busão” e outros preferem nomes em inglês, como “Brazil Ass Hunter” (algo como Caçador de Bundas do Brasil, em português) que tem como objetivo atrair visitantes do exterior para os 80 vídeos postados.
.

Para outro entrevistado pelo jornal, esses vídeos são trabalhos artísticos. Administrador de sistema e com 22 anos, ele filma as mulheres de Florianópolis/SC há cerca de seis meses e diz que a adrenalina de filmar e depois publicar para os internautas “para que compartilhem das belezas da cidade” é o que o motiva ao trabalho de sair pelas ruas da cidade catarinense já conhecida pela beleza das mulheres. O administrador usa um celular com câmera, pois acha prático, fácil e discreto.

Trabalho artístico ou não, as filmagens desagradam às mulheres. Para Tatiane Minerato, 19 anos, musa da escola de samba Gaviões da Fiel Torcida, por exemplo, essa prática é típica de quem nunca viu mulher.

Esse tipo de trabalho, porém, pode virar pesadelo para os que filmam. Eles podem ser enquadrados, caso flagrados, por dois tipos de contravenção penal: importunação ofensiva ao pudor ou perturbação à tranqüilidade. A pena pode ser de multa ou reclusão de até dois meses. Em maio do ano passado, um fotógrafo foi detido na estação Penha do metrô, pois estava com uma microcâmera escondida no sapado direto e filmava as calcinhas das mulheres que estavam de saia. Porém, como as vítimas não puderam identificá-lo, a polícia acabou liberando-o.

“Depois que as imagens caem na internet, o contraventor só pode ser rastreado com autorização judicial”, diz a reportagem do jornal. Para o diretor de comunicação do Google Brasil, Félix Ximenes, como o YouTube, que é de propriedade da empresa americana, tem facilidade de publicação, acaba concentrando “essas molecagens”. Se alguém se identificar no vídeo e quiser reportar isso, o site tira do ar a filmagem e a pessoa que se achar prejudicada pode buscar seus direitos legais contra o autor da imagem. Também é possível registrar um boletim de ocorrência da delegacia e, se houver autorização judicial, o Google fornece os dados do usuário, permitindo que ele seja rastreado.

foto: reprodução site YouTube

18 comentários:

young vapire luke lestat news disse...

é Ja sabia disto + se não for pedofilia,racismo homofobia,trafico de drogas ou algum crime + comum. vc vai reclamar para as paredes pq nada é realmente feito..............


[]s L.Sakssida

BLOGDOED disse...

kkkkkkkkkkk

cômico, se não fosse tráqgico.

Mas fla sério, tem muita mina que sai na rua com calça atolada pra os caras olharem mesmo. Depois reclamam!

Ramon Lishadcir disse...

Seria mais pratico assistir filmes pornês do que ver esses videos.

Mulher do bundão vemos todos os dias nas ruas!

Idiot


http://lishadcir2.blogspot.com/

Feänor disse...

Gente doida...

Mas então, sabe as câmeras de celular? Elas fazem um barulho quando tiram fotos, certo?

No começo, esse barulho poderia ser desabilitado nas configs do celular. No entanto, no Japão - éSEMPRE no Japão... ô povo tarado... - surgiu uma moda que consistia em utilizar os celulares para, discretamente, tirar fotos das calcinhas das moçoilas por debaixo de suas saias.

Isso se tornou tão popular por lá, que os fabricantes de celulares passaram a tornar o barulho obrigatório... E salvo engano, aumentaram o volume também.

Cada uma rs

Bernardo Lima disse...

cara, aho isso mt escroto... já filmaram a bunda da minha prima na praia, ou tiraram foto, sei lá...
mas ela ficou tristona, nd a ver isso..
abraço

Felipe disse...

Eita porra, bizarro isso, baita desrespeito, ainda bem que sou homem e ninguem vai filmar minha traseira =P
Pobre Otário

Feänor disse...

Conheço sim! É um dos meus preferidos, se não for o preferido, do Pessoa, e justamente por esse trecho que você colocou:

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo."

Esse excerto é tão maravilhoso - e me identifico tanto com ele - que certamente constituiria um poema completo mesmo isolado do que os versos que o seguem...

Talvez eu tenha sido indiretamente influenciado por ele... É possível. Nunca pensei nisso pra falar a verdade.

Rafael Portillo disse...

Essa é só a pontinha do iceberg.
Procurando pela internet em outras linguas, encontrei muito mais coisas que o You Tube nem sabe que existe....

capinaremos@gmail.com (Marcos) disse...

Bah, que coisa de desocupado que, com certeza, nunca viu mulher [no sentido figurado].

Henriquezoviske disse...

Nossa, que coisa.
Eu não sabia deste tipo de vídeo no YouTube. Até porque qando vejo filme de putaria eles mostram a ação mesmo.
Não vejo graça em ficar na frente do PC vendo bundas cobertas, enquanto no pornotube eu posso vê-las descobertas.
Hioausouaosiduasd. Mas não sou nenhum taereaedo de internet.


Acho que isso aí é meio que falta de mulher né? Sair filmando assim.
Mas vai saber.









Quando quiser:
www.henriquem.blogspot.com

Laerson Gurtler Possatti Cruz disse...

uwehUAWEHuaHWe

Comédia!
Tem gente pra tudo hoje em dia...

Vírgula Antenada disse...

É cada absurdo, né?
Não me preocupa muito porque minha bunda vive grudada na cadeira. Caso de polícia mesmo, esses desocupados deviriam ir cumprir pena, mas para isso, acho que as vítimas teriam que registrar BO, né? Mulherada, quando não gosta de ter sido exibida, quase que maioria é covarde.

Elton.Breakout disse...

hum..isso..é mais..comum..do q se imagina..mas é sempre bom..ta divulgando..!

Larissa Santiago disse...

valeu pela visitaaaa
adorei o lay do seu blog!
muito bacanaaaa...

Angel Ilanah disse...

e tem publico no site do cabra ai?
o pior que eu não duvido, eta gente besta sô, mas tudo isso é pra conseguir "ibope" e o cara ta conseguindo,saiu até no jornal!!!

O sentinela disse...

Tem mulher que gosta de provocar, saem semi-nuas ou seja; "me filmem por favor".Se é crime filmar, por que vendem câmeras pra qualquer um?
Se câmeras são como armas, a justiça deveria tratá-las como tal e proibir a venda avulsa.
Só acho errado filmar bunda e mostrar a cara da dona, realmente passa a ser constrangedor...do contrário, bunda não tem cara...quem vai falar "essa bunda é minha"?
Tem tanta coisa pra justiça se preocupar...vai preocupar com imagens de bunda?
Tem muita mulher que sai de sainha e com a calcinha enterrada no rabo (isso quando não sai sem ela), tem umas que saem com saias esvoaçantes e não estão nem aí se o vento levanta a saia delas e o rabo aparece.Um shortinho por baixo resolve o problema, desengraça os tarados e..acho que tira o interesse de 99% dos "câmeras" de plantão.
Acho que deveriam implantar uma lei que permitissem os homens de processarem mulheres que andam com roupas muito provocantes pois, isso devolveria o sossego dos machos, da polícia, da justiça e dos sites de publicações.
Mulheres que usam tais roupas (saias esvoaçantes, roupas transparentes, sainhas com calcinhas cavadas em avedência, etc...) provocam libido em homens e até em mulheres e por isso estão sujeitas não só a câmeras e olhares gulosos e sim, o pior que é o estupro.
Por isso acho que a exposição é pior do que a espiação, "o que não é visto, não é lembrado".
Sejam provocantes apenas em casa para seus parceiros, se preservem quando sairem de suas casas, evitaram muitas dores de cabeça.

lsdiggao disse...

O Sentinela, perfeito! Concordo plenamente com você! E não é somente as gostosas nas ruas não, é na TV, nos banners, nas bancas, em todo lugar tem mulher gostosa exibindo seus corpos, isso é um produto do sistema, um sistema que todos aqui alimentam, portanto não reclamem. E não reclamem também do efeito que esse exibicionismo causa nos homens viris; sou um homem viril, e posso afirmar que tem MUITA mulher que sabe que é gostosa e sái na rua com roupas provocantes e provoca MESMO, fico pensando muitas coisas a respeito do corpo daquela mulher.

Sentinela, quando falo sobre isso, até brinco dizendo que concordo com a "burka" que as mulheres muçulmanas usam pra cobrir o rosto e o corpo, hehe.

Anônimo disse...

é isso ai , a policia tinha que se preocupar ; mas com a bandidagem do que com as pessoas que saem por ai filmando bundas, isto é só no brazil mesmo. se filmassem só as bundas sem mostrar o rosto da pessoa menos mal , bunda não tem cara , mas fala serio elas gostam de provocar os homens com aquelas calças apertadicimas socada até o talo.